Ideies lança 5ª edição do Anuário da Indústria do Petróleo e Gás Natural no Espírito Santo – 2021

O documento apresenta uma relevante análise dos principais temas que norteiam a indústria de petróleo no estado, com o intuito de subsidiar o governo e os principais atores locais com informações técnicas e estratégicas.

PUBLICADO EM 29 Abr 2022

A produção de petróleo e gás natural impulsionou uma nova fase do desenvolvimento socioeconômico do Espírito Santo. Atualmente, o setor possui a maior representatividade no valor adicionado da indústria geral no estado. Segundo dados do IAE-Findes, o setor representava 26,6% do valor adicionado da indústria geral no Espírito Santo. Além disso, dada a especificidade da produção desses insumos, a extração é dependente do fornecimento de produtos e serviços de alta complexidade tecnológica. Essa característica atraiu empresas interessadas em fornecer bens e serviços às petroleiras, fomentando a cadeia de fornecedores do setor de petróleo e gás natural no Espírito Santo, que emprega mais de 11 mil funcionários só no mercado formal, com uma remuneração média bem acima do mercado de R$ 6.622,79.

Nas duas últimas décadas, a produção de petróleo e gás natural no estado, passou a apresentar posição de destaque no cenário nacional. Se, em 2000, a participação do estado na produção nacional de petróleo e gás natural representava 1,0% e 2,8%, respectivamente, ocupando a sétima posição entre os estados produtores em ambos insumos. Agora, ocupamos a 3ª posição na produção de petróleo, com 7,3% na participação da produção nacional e a quarta posição na produção de gás natural, correspondendo a 4,1% da produção nacional.

Essas e muitas outras informações podem ser encontradas, nas versões português e inglês, na 5ª Edição do Anuário de Petróleo e Gás, que está dividida em 5 capítulos:

  1. Indústria mundial do petróleo e do gás natural
  2. Indústria do petróleo e do gás natural no Espírito Santo
  3. Reflexos das atividades do setor, com destaque para as participações governamentais
  4. Mecanismo de incentivo do setor de petróleo e gás a pesquisa, desenvolvimento e inovação
  5. Novas oportunidades em exploração e produção de petróleo e gás natural para o Espírito Santo.

O Anuário ainda traz o mapa oficial do setor no Espírito Santo e o compêndio estatístico. Além disso, os dados do documento estão disponíveis no dashboard dinâmico, dentro do portal da indústria. Clique aqui para acessar.

A novidade adicional para esse ano é a projeção da produção de petróleo e gás natural no Espírito Santo até 2025 e as informações de Gás Natural. 

 

Sobre o(a) editor(a) e outras publicações de sua autoria

Nathan Diirr

Graduado em economia pela UFES, mestrando em economia pela mesma universidade. Atua como analista de estudos e pesquisas sênior na Gerência do Observatório do Ambiente de Negócios. Possui interesses nas áreas de regulação, petróleo e gás natural, infraestrutura e ambiente de negócios.