Ideies lança estudo com as perspectivas e desafios para o setor de Gás Natural no Espírito Santo

O Ideies lança hoje (17/12/2020) o estudo “Gás Natural: desafios e oportunidades para o Espírito Santo – 2020”

PUBLICADO EM 17 Dez 2020

O Espírito Santo possui um total de 48,0 bilhões de m³ em reservas de gás natural, o que representa 8,7% do total de reservas do Brasil. Essa capacidade energética coloca o estado como a segunda unidade federativa com a maior reserva do insumo, atrás apenas do Rio de Janeiro, que concentra 68,7% das reservas nacionais.

Além disso, o Espírito Santo produziu um total de 2,7 bilhões de m³ de gás natural, em 2019. A produção representou 6,0% da produção nacional e colocou o estado como a 4ª unidade federativa com a maior produção do insumo, atrás do Amazonas (12,5%), de São Paulo (15,0%) e do Rio de Janeiro (55,9%).

Em 2019, o MME lançou o programa Novo Mercado de Gás, propondo um novo marco regulatório para o setor com bases em um mercado aberto, dinâmico e competitivo. As propostas no âmbito do Novo Mercado de Gás possuem a capacidade destravar o consumo da molécula no país através do aumento da competição na oferta.

"Espera que com o Novo Mercado de Gás Natural, a tarifa do insumo seja reduzida e, dessa forma, investimentos em plantas intensivas no uso do gás natural sejam atraídas para os estados que possuem reserva e produção do hidrocarboneto." Gabriela Vichi - Gerente do Observatório do Ambiente de Negócios

Esse potencial estratégico oferece uma posição de destaque para o Espírito Santo no cenário nacional. Além da posição com relação as reservas e produção, o estado tornou-se atraente para os investidores, ao considerarmos o atual ambiente de negócios e as atuais mudanças regulatórias que direcionam para a promoção da concorrência da molécula no segmento de distribuição e comercialização de gás natural. Esse arcabouço tem gerado segurança jurídica e confiabilidade de empresários que visualizam grandes oportunidades no estado, nos colocando à frente dos demais estados.

É nesse sentido que o documento “Gás Natural: desafios e oportunidades para o Espírito Santo – 2020” surge como um importante instrumento para a tomada de decisão no estado. O documento apresenta uma relevante e aprofundada análise dos principais temas que norteiam esse setor.

A expectativa é que sejam destravados R$ 11,3 bilhões em investimentos direcionados a ampliação da infraestrutura de escoamento e processamento de gás natural no estado, e considerando um cenário moderado da execução desses investimentos, estima-se um incremento de R$ 956,9 milhões no PIB do ES e geração de mais 16 mil postos de trabalho.

A primeira versão do documento está dividida em cinco diferentes partes: 

1. Oferta de gás natural – Brasil e Espírito Santo

2. Demanda de gás natural - Brasil e Espírito Santo

3. Tarifa de gás natural para o Espírito Santo

4. Geração de renda e emprego para o Espírito Santo

5. Ações para o Espírito Santo destravar o mercado 

 

Sobre o(a) editor(a) e outras publicações de sua autoria

Nathan Diirr

Graduado em economia pela UFES, mestrando em economia pela mesma universidade. Atua como analista de estudos e pesquisas sênior na Gerência do Observatório do Ambiente de Negócios. Possui interesses nas áreas de regulação, petróleo e gás natural, infraestrutura e ambiente de negócios.