Sondagem da construção aponta terceira alta consecutiva do índice de utilização da capacidade de operação em fevereiro de 2022

PUBLICADO EM 21 Mar 2022

A pesquisa sondagem da construção, em fevereiro de 2022, mostrou aumento de 5,0 pontos percentuais (p.p.) na utilização da capacidade de operação (UCO) frente a janeiro, indicando expansão da capacidade de operação nas indústrias do Espírito Santo pelo terceiro mês consecutivo, ao registrar 75 pontos.

Por sua vez, o indicador de nível de atividade cresceu 0,7 ponto e registrou 44,1 pontos. Apesar da leve alta, desde junho de 2021, este indicador permanece abaixo de 50 pontos, apontando tendência de contração da atividade econômica nas indústrias do setor.

Por fim, o indicador de número de empregados registrou 45,6 pontos na passagem de janeiro para fevereiro de 2022, após queda de 2,2 pontos e permaneceu abaixo da linha dos 50 pontos indicando recuo do emprego.

Expectativa

Em março de 2022, os índices de expectativas apresentaram variação positiva frente a fevereiro e seguiram mostrando otimismo dos empresários do setor da construção ao permanecerem acima da linha divisória dos 50 pontos, que separa otimismo e pessimismo. 

Os índices que apresentaram maior crescimento no período foram o indicador de número de empregados (59,3 pontos), com alta de 4,6 pontos, e o índice de compra de insumos e matéria-prima, que cresceu 2,5 pontos e alcançou 61,3 pontos.

Por sua vez, o índice de investimento teve queda de 3,1 pontos na passagem de março para fevereiro de 2022 e registrou 43,7 pontos. Esse resultado indicou uma menor propensão a investir dos industriais do setor. Contudo, o indicador se manteve superior à sua média histórica (34,9 pontos).


 


A Sondagem Indústria da Construção é uma pesquisa de opinião, e seu objetivo é acompanhar o desempenho e as perspectivas do setor, gerando indicadores de tendência passada e futura e de satisfação, que permite a empresários e analistas econômicos acompanhar a evolução recente da indústria.

Tags:

Leia também

Sobre o(a) editor(a) e outras publicações de sua autoria

Nádia Neves

Graduanda em Ciências Econômicas pela UFES. Estagiária na Gerência de Inteligência de Dados e Pesquisas, atua na execução de pesquisas primárias. Possui interesse em estudos econômicos conjunturais.