Sondagem Industrial de dezembro indica recuo da produção e emprego, interrompendo sequência de aumentos

PUBLICADO EM 25 Jan 2021

A última pesquisa Sondagem Industrial de 2020 para o Espírito Santo revelou uma ruptura da sequência de aumento dos indicadores de atividade industrial. Os índices que medem a produção industrial e o nível de emprego se localizaram abaixo da linha divisória dos 50 pontos em dezembro, mostrando queda da produção e emprego.

O indicador de volume de produção atingiu 45,7 pontos em dezembro de 2020, após cair 9,9 pontos frente a novembro. Nessa mesma base de comparação o índice de evolução do nível de emprego reduziu 4,2 pontos e atingiu 47,9 pontos. Já o indicador de nível de estoques efetivo em relação ao planejado cresceu 0,7 ponto entre novembro e dezembro de 2020 e atingiu 49,6 pontos, muito próximo da linha divisória. Isso significa que os estoques observados e o desejado pela indústria se encontram próximos.

Análise Trimestral  

No quarto trimestre de 2020, os indicadores de condições financeiras revelaram que o empresário capixaba mostrou satisfação com a situação financeira de suas empresas, no entanto, em relação à margem de lucro operacional o sentimento revelado foi de insatisfação. O indicador de facilidade de acesso ao crédito (45,3 pontos) aumentou 1,1 ponto no quarto trimestre e reflete que o crédito está mais fácil de ser acessado que nos demais trimestres de 2020, porém, sua aquisição ainda é considerada difícil por parte dos industriais.

A falta ou alto custo da matéria-prima, que já havia se tornado o principal problema da indústria capixaba no terceiro trimestre, ganhou importância ainda maior no último trimestre do ano, assinalado por dois de cada três empresários pesquisados.

Expectativas

Em janeiro de 2021, os indicadores de expectativas apresentaram queda em relação a dezembro de 2020, no entanto, três dos quatro indicadores ainda refletem otimismo do empresário para os próximos seis meses. O indicador de expectativas para o número de empregados atingiu 49,1 pontos e é o único que revela pessimismo.

O indicador de intensão de investimentos, que mede a propensão do industrial capixaba a investir, também apresentou queda entre dezembro de 2020 (61,7 pontos) e janeiro de 2021 (59,9 pontos). Mesmo com esse recuo, o índice se mantém em patamar elevado se comparado com a sua média histórica (52,1 pontos).

A Sondagem Industrial é uma pesquisa de opinião, e seu objetivo é acompanhar o desempenho e as perspectivas da indústria, gerando indicadores de tendência passada e futura e de satisfação, que permite a empresários e analistas econômicos acompanhar a evolução recente da indústria.
 

Tags:

Sobre o(a) editor(a) e outras publicações de sua autoria

Bruno Novais

Graduando em Ciências Econômicas pela UFES. Auxiliar na Gerência do Observatório da Indústria, atua na execução de pesquisas primárias, criação e manipulação de bases de dados, e no auxílio em estudos econômicos-conjunturais.