Sondagem mostra tendência de recuperação do setor da Construção Capixaba em julho

24 de Ago

A Sondagem Indústria da Construção para o Espírito Santo revelou nova melhora no desempenho do setor na passagem de junho para julho 2020. Nesse período, o índice de evolução do nível de atividade subiu de 37,8 para 47,6 pontos, aumento de 9,8 pontos. Apesar da alta, o indicador se mantém abaixo da linha divisória dos 50 pontos e reflete queda na atividade industrial. Porém, trata-se de uma queda menos disseminada do que a observada nos meses de março e abril.

O índice de evolução do número de empregados no setor da construção cresceu 4,0 pontos em julho, se comparado a junho, atingindo 40,5 pontos. A Utilidade da Capacidade de Operação (UCO) alcançou 60% em julho, com aumento de 2,0 pontos percentuais em comparação a junho.

Expectativas

Os quatro índices de expectativas cresceram em agosto em relação a julho de 2020. Embora continuem abaixo da linha dos 50 pontos, esse aumento revela um pessimismo menos disseminado entre os industriais do setor. O índice de intenção de investimento cresceu 10,4 pontos entre julho e agosto de 2020 e atingiu 44,1 pontos. Com esse aumento, o indicador chegou a quarta alta consecutiva e se encontra 10,5 pontos acima da sua média histórica, mostrando maior propensão a investir entre os industriais da construção.


    O Ideies divulga mensalmente um painel dinâmico e interativo com os resultados da pesquisa da Confederação Nacional da Indústria (CNI) para o Espírito Santo e para o Brasil.

    Além disso, trimestralmente, o leitor tem disponível um relatório com análise dos indicadores relacionados ao nível de atividade da indústria capixaba e às expectativas para os próximos seis meses.

    Acesse o relatório com as informações do 2º trimestre de 2020 aqui

TAGS: